quinta-feira, 14 de julho de 2011

BIOMBOS

Fácil de mudar de lugar, o biombo cria privacidade, isola parcialmente as áreas integradas, orienta a circulação e ainda deixa o espaço mais bonito.
De origem chinesa, o biombo foi introduzido no Japão no século VIII quando os japoneses começaram a fazê-los influenciados pelos padrões chineses. Deram o nome de BYO(proteção)-BU(vento). Exatamente proteção contra o vento, sua finalidade inicial.
Sempre decorados com pinturas e caligrafias orientais, eles se difundiram e se tornaram divisores de espaços.
Atualmente, ganharam ainda novas funções sendo também usados em cabeceiras de camas, como limitadores visuais em trocadores e closets, como espelhos, como auxiliares e organizadores em cozinhas e oficinas, ou somente como um acessório decorativo.
Podem ser feitos de diversos tipos de materiais como madeira, bambu, vidro, espelho, ferro, tecidos, gravetos e mais uma enorme variedade de formatos e tamanhos.








 
courtesy: Casa Claudia, Casos de Casa.

BJOS

MILLA TRINDADE