quarta-feira, 30 de novembro de 2011

ÁRVORE DE NATAL

Eu adoro a decoração natalina e acaba que sempre monto antes, mas a árvore segundo as tradições deve começar a ser montada no dia de 30 de novembro, de acordo com o padre Gustavo Haas,  quando se inicia o tempo do advento para a Igreja. Vale lembrar ainda que a árvore não deve ser montada toda de uma vez: o ideal é acrescentar enfeites e adereços aos poucos, durante as quatro semanas do advento, que é, para os católicos, tempo de preparação. 

“Durante o Natal, no Hemisfério Norte, todas as árvores perdem as folhas, com exceção do pinheiro. Por isso, a árvore se tornou símbolo da vida, celebrada no Natal com o nascimento do menino Jesus”, diz Haas. 

Presépios
A montagem do presépio, também tradicional em tempos de Natal, deve seguir a mesma linha da preparação da árvore de natal. “Aos poucos, pode-se começar a montar a gruta, colocar os animais e os pastores, mas Maria, José e o menino Jesus devem fazer parte do presépio apenas mais próximo do Natal”, diz Haas. 

O presépio, ainda de acordo com o padre, foi uma invenção de São Francisco de Assis para lembrar a simplicidade e as dificuldades enfrentadas por Maria e José no nascimento de Jesus. A orientação para quem pretende seguir a tradição católica é não sofisticar os presépios com luzes e enfeites. 

“Costumamos dizer sempre também que é muito importante envolver as crianças na montagem dos presépios, e o ideal seria que eles fossem feitos nas próprias casas, pelas crianças, para que eles percebam o real sentido do natal”, diz. 

Um dos grandes símbolos do período natalino, a árvore de Natal simboliza, segundo a tradição da Igreja Católica, a vida.

Hora de desmontar
Tradicionalmente, o dia de desmontar a árvore de Natal, o presépio e toda a decoração natalina é 6 de janeiro, o Dia de Reis. “É nesse dia que três magos, pessoas sábias, encontram o menino Jesus e ele é então revelado a todas as nações. Termina então o tempo de Natal, o tempo de expectativa, e começa o tempo comum para a Igreja”, afirma Haas. 
                                                                       
Advento
Um dos grandes símbolos do Natal para a Igreja é a coroa do advento. Formada com ramos verdes e em formato de círculo, a coroa simboliza, de acordo com Haas, a unidade e a perfeição, sem começo e sem fim. “A coroa representa o nascimento do rei. Em cada um dos quatro domingos do advento uma vela é acesa. Com a proximidade do nascimento de Jesus, a luz se torna mais intensa, e é o Natal enquanto festa da luz que celebramos”, diz. 

Confira passo a passo para montagem das árvores:


Monte a árvore. De preferência, no seu lugar definitivo. É importante verificar se há uma tomada por perto para ligar o pisca-pisca.

Coloque as luzes. Para facilitar, vá de baixo para cima, preenchendo todos espaços. “Acho indispensável porque o pisca-pisca traz magia e deixa as crianças fascinadas”

Na seqüência, coloque as bolas. “Não há árvores sem bolas. Elas representam a fartura

 Coloque os enfeites de baixo para cima. Espalhe em todos os lados e, depois, preencha os espaços vazios.

 Para dar um acabamento, coloque os laços misturando-os com as bolas e os enfeites.

No alto da árvore, procure colocar um enfeite mais imponente e que chame a atenção.

Dicas

Segundo os especialistas, é fundamental não confundir o Natal com o carnaval. "Para não ficar over, é bom evitar uma mistura exagerada de cores. Muito colorido pode virar carvanal".
Após a montagem, olhe a árvore a uma distância de aproximadamente três metros. Observe se há espaços vazios e uniformidade na colocação dos arranjos.  Verifique também se os enfeites estão bem presos na árvore.

Para casas em que há crianças, os especialistas sugerem que as luzes sejam coloridas e que pisquem. Já em casas frequentadas por adultos, é interessante usar as luzes brancas e estáticas.

Entre as tendências para o Natal deste ano, está o uso de dourado. No entanto, considera que o clássico vermelho não sai de moda.

"Dourado com branco e dourado com preto são chiques. Para quem não quer errar, vale a aposta no bom e velho vermelho, verde e dourado".


courtesy: G1

BJOS

MILLA TRINDADE